Header Ads

Bangkok, a cidade mais maluca

Essa cidade é simplesmente a cidade mais maluca que estivemos nas nossas andanças pelo mundo, a capital da Tailândia é algo incrível, é moderna, ao mesmo tempo tradicional, com os seus templos, é super agitada (durante 24 horas mesmo, o negócio não pára, a cidade não dorme, isso porque estamos acostumados com isso, pois moramos numa cidade que também tem essa fama, São Paulo, mas lá é muito mais). Tem comidas diferentes, a mudança de sexo é liberada, eles são referência neste tipo de operação e em alguns casos o governo até ajuda, muitos europeus vão pra lá em busca da prostituição que é bem alta. 


Situada ás margens do Rio Chao Phraya, é bem próxima ao golfo da Tailândia, está entre as 10 cidades mais populosas da Ásia.


Seu nome logo de isso é diferente algumas escrevem Banguecoque, outros Bangcoc, mas o mais correto seria Bangkok.

O que fazer em Bangkok e quais são as principais atrações de Bangkok.

Recentemente foram rodados alguns filmes lá (ex. Se Beber Não Case 2, Assassinato em Bangkok), o que deixou a cidade ainda mais famosa.


Chegamos lá depois de descansar em algumas ilhas maravilhosas do país,que já postamos por aqui, a Ilha de Phuket e as Ilhas de Phi Phi.


Muito cuidado com os motoristas dos Tuk-tuk (aqueles carrinhos que ficam em cima de uma motinho), pois eles são bem malandros, nós já sabíamos disso, então decidimos fazer um passeio bem curto, de um monumento a outro somente, mas mesmo assim, com um caminho tão perto o motorista cada hora falava um preço. Isso porque antes de entrarmos no tuk-tuk havíamos combinado um preço de 200 Baht (nome da moeda da Tailândia), no meio do caminho ele falou que eram 500, a gente falou não, ai foi para 400, também aceitamos, até que decidimos parar no meio do passeio e pagar 300, e sair daquela furada.


Para entrar nos templos da cidade que são milhares, tem que tirar os sapatos e em alguns deles, eles te dão uma sacola para colocar os sapatos, pois em alguns templos existem ladrões, os pickpockets (batedores de carteira)


Outra coisa que descobrimos, é que eles não gostam de pessoas que compram Budhas para decoração, a explicação é: Budha é uma religião e não decoração.


Nas 3 cidades (Phuket, Phi Phi e na própria Bangkok) que estivemos na Tailândia, há muitos templos em todas as partes, parecido com Bali. Falando nisso estando na Tailândia não deixem de ir nessas Ilhas, elas são o paraíso da Tailândia.


Em Bangkok, a melhor opção é andar de metrô, mas a rede de metrô não leva a todos os lugares, mas mesmo assim ande o máximo que puder, pois a cidade tem um trânsito infernal, arrisco falar que é pior que São Paulo viu... O metrô é bem tranquilo, um pouco agitado nos horários de pico, mas nada demais.Outra coisa interessante, sobre o valor do ticket, você paga pela distância que você percorrerá, então antes de ir para o metrô saiba para qual estação você irá.


Como Chegar
Fomos de avião, saímos de Phuket (Tailândia), então foi voo direto, mas saindo do Brasil pra lá será sempre necessário fazer pelo menos uma escala ou conexão, que pode ser no Oriente Médio ou na Europa.

Comer
No primeiro dia fomos no Sky Bar Sirocco, esse lugar é um bar e restaurante que fica no topo de um dos edifícios mais altos e mais bonitos de Bangkok, onde foi um dos cenários do filme se beber não case 2, o local é lindo, tem um espaço bem grande aberto com banda ao vivo, e uma vista panorâmica da cidade incrível, só cuidado com os valores das bebidas e das comidas, nós só bebemos e mesmo assim gastamos muito, só pra ter uma noção de valores, uma cerveja simples long neck sai por 40 reais, isso mesmo 40 reais, o bom é que para entrar lá é de graça e vale a pena.







Num outro dia depois do passeio do mercado flutuante fomos almoçar na feira (Chatuchak Market ou JJ Market), queria tentar comer inseto para experimentar, porém descobrimos que não tinha mais nesse local, visitamos a feira toda, que é muuuito grande e tem de tudo que você possa imaginar para comprar, nessa volta na feira fomos olhando onde poderíamos comer, mas nada nos apeteceu, até que vimos um local aonde um espanhol fazia uma paella, na frente do bar, paramos ali e comemos uma paella gostosa.





O cozinheiro da paella, faz a paella e ao mesmo tempo dá um show, ele parece uma caricatura, todos paravam para ver o cara fazer a comida, e o mais engraçado ele era muito parecido com um amigo meu que é chef de restaurante também.



Por dois dias jantamos em um restaurante alemão que ficava ao lado do hotel que estávamos, a comida era muito boa, a Pri como eu já disse, ama restaurantes alemães e tinha claro diversas e ótimas cervejas.

Onde Ficar
Ficamos no Best Western Plus @20 Sukhumvit, excelente hotel, ótima localização bem no centro de Bangkok, dois quarteirões do metrô, o hotel tinha incluso, wi fi, café da manhã, o quarto era ótimo, super claro e com uma parede só de janelas, muito legal. 

Pontos Turísticos

  • Grande Palácio de Bangkok;




  • Templo Wat Phra Kaew;


  • Templo Wat Pho, o Budha gigante de Ouro;



  • Templo Wat Arun;
  • Templo Wat Benchamabophit;
  • Sky Bar Sirocco, comentei acima;





  • Mercado Flutuante, igual a cidade de Ayuttaya, esses lugares não ficam em Bangkok, (1h e 30min de carro) e os passeios duram o dia todo, com isso tivemos que escolher um dos dois e fomos ao mercado flutuante, é mais pelo folclore e conhecer, não é um lugar tão incrível, eles vendem de tudo roupas, comidas, artesanatos e tem diversos canais;

  • Chatuchak Market, JJ Market ou weekend market; é o maior mercado da Tailândia com diversas coisas para comprar conforme descrevi acima;


  • Asiatique, é um shopping com muitos restaurantes na beira do Rio Chao Phraya, excelente lugar para ir jantar ou almoçar, tem transporte de graça, de barco que leva do metrô até o local, a Pri achou que lembra um pouco e numa versão bem menor o Puerto Madero em Buenos Aires;


  • Passeio de barco pelo rio Chao Phraya, esse passeio é noturno, e inclui jantar e show, o píer de saída é num shopping, nosso barco tinha ótima comida e um bom show, mas o barco que saiu antes do nosso era muito muito mais divertido e com um show ótimo, então se você for fazer esse passeio escolha a empresa Grand Pearl Cruise;





  • Passeio para a Cidade de Ayutthaya, onde está a cabeça do Budha cortada, em que as raízes da árvore prenderam, não tivemos tempo de ir para lá, pois o passeio durava o dia todo, e não tivemos tempo para ir;
  • Vida Noturna, onde rola de tudo em Bangkok, veja abaixo uma das ruas onde há casa de shows, para adultos. Que serviu também como um dos cenários do filme "Se Beber Não Case 2"





Booking.com
2012 - 2016. Christian Gutierrez e Priscila Gutierrez. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.