Header Ads

Por que Dublin?

Como disse no post passado, em abril de 2015, vamos nos mudar para Dublin, capital da Irlanda. Muitas pessoas fizeram a pergunta, por que Dublin? Então neste post vou contar por que escolhemos ir para lá.



Nosso objetivo além de morar fora do país, por vários motivos, um deles é estudar e falar inglês fluente, então no ano passado começamos a pensar quais países falavam inglês e que poderíamos morar, na primeira lista estavam: Estados Unidos (cidades de Miami, Orlando ou Fort Lauderdale), Inglaterra  (Londres), Irlanda (Dublin), Austrália e Nova Zelândia, não tínhamos escolhido as cidades.


Nesse primeiro momento já tínhamos descartado o Canadá por causa do frio, não que em Londres e Dublin não faça, mas o Canadá é muitoooo.

Nossa escolha foi por eliminação.

Miami, Orlando ou Fort Lauderdale, tem muitas coisas que gostamos, como poder ter uma casa grande, carro, ficam a poucas horas de voo de São Paulo, assim ficaríamos mais perto da família e amigos, só que ir para lá esbarra em alguns poréns, que é o visto, ou o green card ou a permissão de residente. O visto é o mais fácil, mas tem muitas restrições para trabalhar, fora o que eles são mega rígidos com imigração, fomos atrás até de ver para abrir uma empresa, sendo cidadão espanhol, como já contei em outros posts tenho a dupla cidadania, mas é um processo longo e difícil, mas quem sabe um dia, então descartamos Estados Unidos por causa disso.

Londres, essa outra opção já não tinha os problemas de visto ou de trabalho, por fazer parte da União Europeia, nós poderíamos morar e trabalhar legalmente por causa da cidadania espanhola, a Pri ainda não tem a cidadania, mas sendo casada comigo ela tem quase os mesmos direitos de cidadã europeia, por isso que sempre falo, se tiver oportunidade de ter uma cidadania Europeia, vá atras disso, aqui no blog falamos como fizemos para tirar a cidadania espanhola. O que fez a gente descartar Londres, foram os altos custos com moradia, teríamos que morar longe do centro e os estudos também são bem mais caros que em outros lugares.

Austrália, lá não tínhamos os dois problemas que eliminaram Estados Unidos e Inglaterra (o visto dos Estados Unidos e a moradia cara na Inglaterra), o visto lá é fácil, pode trabalhar legalmente, vários amigos falaram que eles recebem muito bem os brasileiros, mas o que nos fez descartar, foi que é muito muito longe do Brasil e caso fosse necessário voltar para cá, demora muito e a passagem é muito cara.

Nova Zelândia, caiu no mesmo problema da Austrália, a distância do Brasil.

Dublin, foi o único lugar que não achamos um problema que nos afastou de lá, apesar do frio, chuva e vento, mas lá não tem o problema do visto, não é tão caro para morar e estudar, não é tão longe do Brasil,  trabalhando lá temos os benefícios de ser cidadão da comunidade europeia e o melhor de todos, podemos viajar para diversos lugares da Europa, que tanto amamos, com passagens muito baratas e vamos postar muitas fotos e contar tudo por aqui!!

Continue nos seguindo no blog e no facebook, para nos acompanhar nessa aventura de morar e estudar em Dublin.
Booking.com
2012 - 2016. Christian Gutierrez e Priscila Gutierrez. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.