Header Ads

Dubin - Welcome

Esse post vai contar os primeiros dias da nossa chegada em Dublin, iremos escrever outros posts sobre a cidade e como é morar aqui.


Mudamos para Dublin, no dia 12/05/2015, viemos para cá depois de sair do Brasil em um Cruzeiro que faz Brasil-Europa (saindo de Santos, parando no Rio de Janeiro, Salvador, cruzando a ilha de Fernando de Noronha e Cabo Verde, parando em Tenerife e Málaga na Espanha e chegando em Barcelona), é incrível, (veja o post aqui) ficamos em Barcelona por uma semana para solicitar uns documentos lá, aí pegamos um voo e chegamos enfim em Dublin.



Porque escolhemos a Irlanda e não outro país para estudar inglês? Fizemos uma eliminatória, tínhamos as seguintes opções: EUA (Orlando ou Miami), Canadá (Montreal ou Quebec), Inglaterra (Londres), Austrália (não tínhamos uma cidade definida), Nova Zelândia (também não tínhamos uma cidade escolhida) e a Irlanda (Dublin), depois da escolha descobrimos que teria mais uma opção que seria Malta.


Como falei fomos eliminando os países, Austrália e Nova Zelândia, são muito distantes do Brasil, fica difícil falar com parentes e amigos por causa do fuso, e voltar para o Brasil numa emergência seria difícil, Canadá, o motivo de não ir para lá foi o frio, lá é muito frio, EUA seríamos eternamente imigrantes e não poderíamos trabalhar legalmente, Inglaterra tem muita coisa que gostamos de lá e não seriamos imigrantes pois tenho passaporte Espanhol, e poderíamos trabalhar legalmente em qualquer emprego, estar na Europa um lugar que amamos, mas o problema é o custo de vida, é muito caro, principalmente nos primeiros meses que não iríamos trabalhar, então com isso Dublin reuniu muitos lados positivos, está na Europa, podemos trabalhar full-time (mesmo para quem não tem a cidadania, em Dublin estudante pode trabalhar 20h quando está estudando e 40h quando não está estudando, mas agora a lei restringiu alguns períodos), não é tão longe do Brasil, não é tão caro como Inglaterra, assim foi feita a escolha, talvez se soubéssemos antes que em Malta fala inglês, ficaríamos na duvida, pois lá o tempo é bem melhor que Dublin e tem praias maravilhosas que é outra coisa que adoramos.E um dos motivos de virmos para cá foi para aprendermos inglês.


Na chegada em Dublin, ficamos hospedados num apartamento que alugamos no site Airbnb, alugamos por uma semana, para ter tempo de procurar um lugar fixo, essa procura é bem difícil aqui, não há muitas casas/apartamentos para alugar (os sites para alugar aqui são o Daft e grupos do facebook da cidade) e a algumas burocracias (por exemplo em alguns lugares só alugam para quem está trabalhando e com referência de outra pessoa que você já tenha alugado, mas se você acabou de chegar, como você vai ter tudo isso?), em uma semana visitamos mais de 15 casas/apartamentos, alguns gostamos outras eram horríveis, uns não queriam a gente pois pedíamos que fôssemos registrados pelo PRTB,(é um órgão regulamentador dos aluguéis da Irlanda) esse documento era necessário para a Pri poder solicitar o visto de residência e trabalho, o Stamp 4 (escrevemos um post só sobre como solicitar o Stamp 4, veja aqui), fomos aceito em uns 3 apartamentos, o primeiro que visitamos nos aceitou,mas ficamos com medo de não ser um bom lugar pois não tínhamos visto nada ainda, depois fomos aceito em um que ficava em Dublin 6 ( aqui os bairros tem numeração Dublin 1, Dublin 2 até Dublin 24 eu acho, os pares são do lado direito do rio Liffey e os ímpares são do esquerdo, os pares são os bairros mais nobres), que é um pouco longe do centro cerca de 40 minutos caminhando, nessa altura do campeonato estamos quase chegando no final da semana que tínhamos alugado a casa do Airbnb e ainda não tínhamos alugado nada (já estávamos vendo com o dono do apartamento do Airbnb se poderíamos ficar mais tempo lá), foi aí que visitamos dois apartamentos um em Dublin 2 e o outro em Dublin 1, no mesmo dia, os dois nos aceitaram, gostamos mais do de Dublin 1, bem localizado e não teríamos que gastar dinheiro com transporte publico, daria para fazer tudo a pé, aqui o transporte é meio caro, para ter um mês de passe de ônibus se gasta 80 euros, com carteirinha de estudante, para nós 2 saíria 160 euros, assim economizamos isso, outra coisa que acontece na hora que está procurando apartamento é que tem um monte de gente procurando também, muitas vezes tinha fila de pessoas para ver o local, e muitos já levavam dinheiro para fazer a reserva (essa reserva, vira o depósito de segurança de um mês que todos pedem aqui), quando chegamos no apartamento de Dublin 1, não tinha gente esperando só tínhamos nós, esperamos por um tempo a pessoa que iria mostrar o apartamento, adoramos o apartamento era grande tinha tudo que queríamos e o LandLord poderia fazer o PRTB, nem pensamos muito e falamos para a pessoa que queríamos ficar com o apartamento e ela falou que tudo bem, só que teríamos que fazer um deposito naquele momento falamos ok, que iríamos pegar o dinheiro e voltar em 10 minutos enfim deu tudo certo, nesse momento de felicidade a Pri até abraçou a corretora que ficou sem reação, pois aqui eles não tem o costume de abraçar alguém estranho, mas ufa!! Depois da trajetória de conhecermos 15 lugares, enfim conseguimos uma casa para morar.


Nesse período da procura do apartamento também tínhamos outras coisas para fazer, passear pela cidade, tomar uma Guiness, ir na escola para acertar os detalhes do início do curso.


Falando do curso de inglês, nós não fechamos com nenhuma agência, fechamos direto com a escola, mas antes procuramos agências, conversamos com pessoas que já tinham morado aqui ou que ainda estavam morando, começamos a participar de grupo de discussões no facebook (tem vários grupos, o mais ativo são os grupos "Classificados Dublin" tem uns três grupos com o mesmo nome, segue o link, grupo 1, grupo 2 e grupo 3), tenham muito, mas muito cuidado com a escolha da escola, pois ocorreram em 2014 e 2015 o fechamento de muitas escolas, por não cumprirem com a legislação do país, muitos brasileiros ficaram sem escola e sem dinheiro, muitos tiveram que voltar pro país de origem, outros tiveram que comprar outro curso, alguns tiveram problemas com a imigração por causa do fechamento da escola, para não correr esse risco veja se a escola que você está vendo está registrada nos orgãos de ensino, converse com pessoas que fizeram o curso lá, veja se a escola é conhecida.



Nós fizemos o curso na Seda, gostamos do curso e da escola, como qualquer outra escola tem o lado positivo e o negativo, aqui em Dublin tem muito brasileiro, então você estudará com brasileiros, eu por 3 meses fiquei numa sala só de brasileiros os outros 3 meses a classe era dividida entre mexicanos, sul coreanos e malaios, a Pri foi ao contrário, no começo tinha estrangeiros na classe, depois ficou somente brasileiro, isso acontece em qualquer escola umas mais outras menos, o estudo depende mais de você. Conhecemos pessoas que estudaram na Delfin e na ELA e falaram bem também.


Outra coisa, faça um bom seguro de viagem, isso poderá te salvar em um momento que precise fizemos com a GTA, sempre que precisamos, fomos super bem atendidos.


Falando um pouco de Dublin, lembrando que escreveremos outros posts sobre a cidade e sobre nossas experiências.


A cidade é muito legal, tem vários parques, pubs então é o que não falta aqui, todo lugar tem um, o ponto mais famoso dos pubs é a região do temple bar, onde fica o bar mais famoso da cidade, que tem o mesmo nome Temple Bar, tem pubs com a pint (meio litro de cerveja) custo 7 euros e outros que podem sair por 3 euros, mas a média são 5 euros, muitos tem musica ao vivo e não paga para entrar.




Tem algumas baladas, isso não podemos falar muito, pois não é muito a nossa praia, fomos na Dicey's Garden, (muito famosa entre brasileiros) mas a mais famosa é a Wright Avenue.


A cidade tem algumas praias, dá pra ir alguns dias do verão, a que mais gostamos dentro da cidade foram a de Portmarnock e Bull Island, mas tem fora da cidade também e que são mais bonitas, veja o post sobre Bray cidadezinha de praia para fazer um bate e volta.


Como em todas as cidades da Europa, Dublin também tem muitas igrejas, as mais bonitas são: a Catedral e a São Patrício (St Patrick).


Museus para visitar: tem o Dublin Castle, a prisão Kilmainham Gaol, esses dois você pode ir sem pagar na primeira quarta feira do mês (é gratuito somente nesses dias) pois, chegue cedo, principalmente no verão, outros museus são o Dublinia e a Biblioteca The Book of Kells, lá foram filmadas cenas do filme Harry Potter.


Nesse primeiros meses gostamos de morar na cidade, só não gostamos muito do tempo nublado, chuvoso e do frio, e isso torna o inverno bem longo, isso que pegamos muitos dias de sol.


Veja o post sobre o Bono Vox vocalista do U2 cantando na rua em Dublin.


Logo escreveremos mais sobre Dublin, dividiremos em:



Passeios que rola fazer saindo de Dublin, fazendo um bate e volta.
Booking.com
2012 - 2016. Christian Gutierrez e Priscila Gutierrez. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.