Header Ads

Dublin - Museus

Dublin como muitas cidades da Europa tem diversos museus alguns muito bons e outros nem tantos, segue nossa lista dos principais museus de Dublin.

Biblioteca The Book of Kells
A Biblioteca fica dentro da Trinity College, lá foram filmados cenas do filme Harry Poter.



A principal atração da Biblioteca é livro de Kells (Book of Kells), também conhecido como Grande Evangeliário de São Columba, é um manuscrito ilustrado com motivos ornamentais, feito por monges celtas por volta do ano 800 AD no estilo conhecido por arte insular.



Na parte aonde se encontra o livro, tem uma exposição que conta como eram feitos e escritos os livros antigamente, muito interessante essa parte.


Na parte superior se encontra as pretilerias com diversos livros, de ideia muito antigas, o espaço é lindo lindo.


Vale muito a pena fazer o passeio, a entrada é paga, se você comprar pela internet (site para comprar o ticket) não paga fila, pois no verão tem filas gigantes para visitar a Biblioteca.


Dublinia
Provavelmente o museu mais visita de Dublin.



Dublinia é um museu que faz a recriação histórica (ou história de vida) em Dublin, Irlanda, com foco no Viking e história medieval da cidade. 


Dublinia está localizado em uma parte da Christ Church Cathedral, em Dublin.


Lá é possível vestir uma armadura da epoca viking.

Na semana cultural de Dublin, a visitação é de graça.


Dublin Castle
O Castelo de Dublin é do seculo XVIII, localizado no bairro de Dublin 2, bem perto da região do Templa Bar.


O Castelo foi utilizado nos governos da Irlanda e da Inglaterra, hoje viro um museu.


A visita se for de graça vale a pena, pois perto de outros castelo da Europa ou até mesmo da Irlanda deixa a desejar.


Toda a primeira quarta-feira de cada mês a entrada e de graça, porém chego no meio da manhã para conseguir o ticket.


Prisão Kilmainham
Inaugurada em 1796, essa prisão abrigou a maioria das personalidades-chave envolvidas na luta pela independência da Irlanda.


Em 1916, grupos do Irish Volunteers (voluntários irlandeses) e do Irish Citizen Army (cidadãos do exército irlandês) tomaram conta do GPO (General Post Office – o correio da O’Connell Street, o qual mencionamos aqui) e de mais alguns prédios estratégicos em Dublin e declararam independência em relação ao Reino Unido. Eles resistiram por cerca de uma semana antes de se entregarem. Kilmainham Gaol foi reaberta para abrigar centenas de homens e mulheres que participaram da ascensão. Entre os dias 3 e 12 de maio de 1916, 14 homens foram executados por fuzilamento na área externa. Existe inclusive um monumento em frente à prisão que representa esses 14 homens assassinados e o local onde aconteciam as execuções está marcado hoje com uma cruz. Notem que não há marcas de tiros na parede pois eles colocavam sacos de areia atrás dos condenados, os quais possuíam um papel branco na altura do coração para facilitar o trabalho dos fuzileiros.


Toda a primeira quarta-feira de cada mês a entrada e de graça, porém chego no meio da manhã para conseguir o ticket, mas o ticket é bem barato 2 euros.


Algumas filmes também usaram a prisão como cenário.


A outros museus na cidade que não visitamos tais como:

  • National Museum of Ireland - Decorative Arts and History;
  • National Gallery of Ireland;
  • National Museum of Ireland - Archaeology;
  • National Museum of Ireland - Natural History Museum
Booking.com

2012 - 2016. Christian Gutierrez e Priscila Gutierrez. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.