Header Ads

Parque Nacional das Calanques, as praias mais bonitas da Côte D´Azur

O Parque Nacional das Calanques inaugurado em 2012, é um parque localizado entre as cidades de Marselha e Cassis, na famosa Côte D´Azur (Costa Azul ou Riviera Francesa) formado por pedras calcárias que com as marés criaram praias e falésias, lindíssimas, um misto de parque terrestre e marinho, o único desse tipo na Europa

No parque estão algumas das praias mais bonitas da França e da Europa, algumas com difícil acesso, e  só consegue chegar caminhando através de trilhas que podem durar 1h30 e outras que consegue chegar de carro.



Nessa viagem fizemos a Côte D´Azur de carro desde Barcelona, com paradas nas cidades de Marselha, Nice e Saint-Tropez, fizemos essas cidades de base.


As praias do Parque Nacional das Calanques são:
Calanque de Callelongue
Calanque de la Mounine
Calanque de Marseilleveyre
Calanque de Podestat
Calanque de l’Escu
Calanque de Sormiou
Calanque de la Triperie
Calanque de Morgiou
Calanque de Sugiton
Calanque du Devenson
Calanque de l’Oule
Calanque d’En-Vau
Calanque de Port-Pin
Calanque de Port-Miou

Como ficamos só um dia passeando pelo Parque, fomos visitar as Calanques mais bonitas e famosas, que são: Calanque d’En-Vau, Calanque de Port-Pin, Calanque de Port-Miou e Calanque de Sormiou.


Como a Calanque d´En-Vau é a mais bonita e a que tem o acesso mais difícil, começamos por ela.

Como chegar na Calanque d´En-Vau 

O acesso a D´En-Vau é feito por trilha, e tem dois pontos de saída dessas trilhas, uma que começa no estacionamento Parking Col de la Gardiole que está  nos mapas do Waze e do Google Maps, e a outra opção é pelo estacionamento Parking Calanque que está na cidade de Cassis, porém essa trilha é maior dura 1h30 ou mais, dizem que é bem difícil mas tem o visual do alto das falésias que ajudam a melhorar o cansaço da trilha, a gente não fez essa, fizemos a primeira, paramos o carro no Parking Col de la Gardiole, pois lemos num blog que o caminho seria mais fácil e com uma trilha tranquila, pois a Pri não gosta muito de trilhas.

Porém depois de estacionarmos o carro, existem várias trilhas que saem do estacionamento, nós como estávamos com internet no celular, fomos pela rota que o google maps indicou sendo a mais rápida, só que essa trilha mais rápida jogou a gente numa ribanceira com pedras soltas e beeem difícil, não preciso falar que a Pri quis me matar, pois ela tinha dito para irmos pelo outro caminho e eu disse que não, pois essa seria mais fácil.

Depois de se aventurar nessa trilha chegamos ao paraíso, valeu muito a pena, a praia é linda demais uma das mais bonitas que já visitamos na vida, está entre as top 5 praias.

Passamos a manhã inteira nessa praia de águas mais que cristalinas e com um tom de azul maravilhoso.


Tem muitas pessoas que fazem esse passeio de barco, mas o barco fica bem longe da praia, e as pessoas não chegam a descer na praia, esses passeios saem do porto de Marselha, e tem uma outra forma de chegar também, as pessoas vão de caiaque desde Cassis.

Na volta conseguimos voltar pela trilha correta que é bem fácil e larga,durou em torno de 50 minutos tem espaço para passar um carro, mas só pode ir a pé, aqui mostramos abaixo como seguir a trilha correta saindo do estacionamento.Recomendamos levar água (principalmente para a trilha) e comida, pois na praia não tem nada, nem banheiro.

Primeiro seguir a entrada que tem uma placa do parque.

Logo depois terá uma bifurcação que você vai a direita seguindo as indicações das cores, que a placar indicar, não vá pela esquerda que é a mais difícil.

Depois de se maravilhar com esse paraíso, fomos conhecer as outras praias, uma coisa muito importante, é bom ir durante a manhã pois no final da tarde não bate sol na praia.

Outra coisa importante falar é que no verão pode ser que se tenha risco de queimadas nas matas e isso resulta que muitas vezes fecham as trilhas e estacionamentos, além de que deve ser um muito muito cheio, então recomendamos ir no mês de Abril, tudo bem que a água está bem gelada, mas a temperatura para fazer a trilha é bem traqnuila e não está tão cheio e não corre o risco de estar fechado.


Como chegar e fazer a trilha para as Calanques de Port-Miou e Port-Pin

Voltando para o estacionamento pegamos o carro para ir para as Calanques de Port-Pin e Port-Miou, essas duas praias estão bem próximas do centro da cidade, se você estiver de carro deixe no estacionamento Parking Calanque, que também é um lugar bem lindo com dois restaurantes.

A trilha desse estacionamento para essa Calanque é bem fácil e tranquila, uns 35 minutos de caminhada até a calanque de Port-Pin, passando pela Calanque de Port-Miou.

A Calanque de Port-Miou não é tão bonita em comparação as outras, pois e praia está junto a um pequeno porto, como vocês podem ver.

O caminhada entra as duas Calanques é bem linda e tranquila muitas famílias com crianças e até carrinho de bebê fazem a trilha, vá pela trilha que vai beirando o mar. Somente a última parte é mais chatinha pois tem uma ribanceira leve de pedras, mas bem leve.

A Calanque de Port Pin, é muito linda uma pequena praia de pedras com um visual lindíssimo, com as águas também cristalinas.

Ficamos lá curtindo a tarde nesse paraíso, que você também precisa conhecer.

Para quem quiser fazer a uma trilha que passa pelas três Calanques a Port-Miou, a Port-Pin e a D´En-Vau, chegando na última depois de mais de 1h30 de trilha, que dizem ser mais difícil, mas vimos algumas fotos e o visual vale a pena.

Voltando para o carro, fomos comer pois estávamos mortos de fome, estávamos andando por trilhas o dia inteiro e não levamos comida, mas levamos água pelo menos ufa, e depois de comer fomos tentar achar mais uma Calanque, que foi a Calanque de Sormiou que pode deixar o carro bem perto da praia.

A Calanque de Sormiou também é muito bonita, mas é mais urbana, o que faz perder um pouco o encanto, mas vale a pena conhecer, nela tem um restaurante e uns chalés, ficamos ali bem pouco para ver o pôr do sol, que achávamos que poderia ser no mar mas não foi.

Outra dica muito importante, vá de tênis pois de chinelo não é recomendado, e volto a falar leve um ou mais garrafas de água pois como são praias preservadas não tem nenhum tipo de comércio.

Resumindo esse Parque das Calanques é um paraíso na Côte D´Azur (Costa Azul ou Riviera Francesa), você tem que visitar e conhecer.

Booking.com
2012 - 2016. Christian Gutierrez e Priscila Gutierrez. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.