Header Ads

Saint-Tropez, famosa cidade das baladas, no sul da França

Saint-Tropez, é uma das principais cidades do sul da França, está localizada na Côte D´Azur (Costa Azul) também conhecida por Riviera Francesa, a cidade está entre Marselha e Nice.

Por causa da proximidade entre essas cidades quem faz uma viagem por lá principalmente de carro, acaba fazendo base nessas três cidades, e foi o que fizemos na nossa viagem de 9 dias pela Riviera Francesa.


Marselha foi a primeira parada, Nice foi a segunda parada e na volta para Barcelona Saint-Tropez foi a nossa terceira parada, e como usamos elas como base, conhecemos várias outras cidades próximas.

Em Saint-Tropez, ficamos 3 dias e duas noites, não ficamos exatamente na cidade, como ela é pequena e mais famosa os preços são bem caros, ficamos em Grimaud que está há 5Km de Saint-Tropez, lá reservamos um hotel excelente e muito barato, o Pierre et Vacances Village Club, veja aqui o post sobre esse hotel.

O que fazer em Saint-Tropez, e quais são as atrações turísticas de Saint-Tropez?

Saint-Tropez é conhecida como a Ibiza da França, com muitas festas nas praias, principalmente na praia de Pampelonne, lá estão vários Clubs na beira do mar, com festas á tarde e que vão até a noite, e no verão ficam lotados, os Clubs mais famosos são: o Le Club 55, Key West Beach e o Stefano Forever, mas têm muitos outros, a praia é bem longa, além disso é uma praia linda, com a água bem azul e areia fina.

Mas a cidade não vive só de festas, ela tem um centrinho antigo muito bonito, com um porto, um castelo e outras praias.

Chegamos na cidade no meio da tarde e aproveitamos que estávamos cansados pois já estávamos 7 dias viajando de carro e visitando muitas cidades, ficamos na piscina do hotel para descansar e repor as baterias rsrs.

O hotel têm piscina, campo de golfe, quadras de tênis, vôlei e muitas outras coisas, além dos chalés terem cozinha completa, e alguns são para até 5 pessoas.

No segundo dia o tempo amanheceu com um nevoeiro, e com isso pensamos primeiro em conhecer a cidadezinha de Grimaud (veja o post sobre lá), foi um passeio legal, essa cidade é meio medieval e tem uma Castelo no topo da cidade, o Castelo de Grimaud, a entrada é gratuita.

Estávamos meio chateados, pois queríamos ir para Saint Tropez para conhecer as famosas praias, mas já lá em Grimaud, o tempo começou a melhorar, como as cidades são muito próximas em 15 minutos já estávamos em Saint-Tropez e o tempo já estava com sol e com calor ufa.

Nossa viagem foi no começo da primavera, antes do feriado da Páscoa, mas mesmo assim a cidade estava bem movimentada e foi um pouco difícil achar um estacionamento com vagas livres, rodamos um pouco, no verão deve ser quase impossível achar uma vaga. Sorte que todos os estacionamentos mostram quantas vagas tem livres em um placar eletrônico fora do estacionamento, isso facilita bastante.


Paramos o carro bem pertinho do centro da cidade, e chegando lá, encontramos uma feira que acontece todos os sábados, uma feira que tinha de tudo, comida, verduras, frutas, roupas, artesanatos e muitas outras coisas, nesse local aproveitamos para comer uns pratos típicos de lá, eu comi um tipo de lula em um molho de ervas com azeite e a Pri comeu uma torta muito boa também, deu vontade de comer outras coisas, mas era cedo para almoçar e ainda tinha um lugar para comer um doce famoso da cidade, uma torta com creme no meio, parecia um "sonho gigante" na La Tarte Tropézienne, uma famosa patissérie dos anos 50, cheia de doces incríveis!!

Depois de comer essas delícias, fomos passear pelo porto da cidade, que é bem bonito e tem umas vistas lindas do mar do Mediterrâneo, até cruzeiros param ali na frente do Porto, pois é uma região muito turística.

Do Porto da cidade, fomos caminhando pela Costa passando por uma prainha bem no centro da cidade, e mesmo lá a água é bem limpa e azul.


Caminhamos mais um pouco e chegamos em outra praia, depois de passar ao lado do Castelo que na verdade era uma cidade antiga e hoje em dia é um museu da marinha (La Citadelle - Museum of maritime history), a praia de Graniers é a praia mais linda perto do centro da cidade, a caminhada é bem tranquila, a praia de areia fina e branca, com um mar deslumbrante e ainda tem um restaurante e um bar muito delícia na praia, paramos ali para tomar uma cerveja, só cuidado com o preços das bebidas e comidas nessa região, ainda mais em lugares assim rsrs, o preço na Côte D´Azur é bem salgado, nesse restaurante (perto dos outros não foi tão caro) pagamos uns 6 euros por um pint (1/2 litro de cerveja).


Ficamos ali curtindo a praia a vista e o bar.

Mas ainda tinham muitas coisas para fazer nesse dia, voltando para a cidade, fomos dar uma olhada no Castelo e a cidade antiga, essa já tem que pagar e como não tínhamos muito tempo, resolvemos não entrar.

Voltamos para a cidade entrando pela centro antigo da cidade, bem ao estilo medieval, com ruas pequenas e bonitas, igrejas e outras coisas lindas que vocês tem que conhecer, vale muito a pena passar por cada ruazinha do centro.


Depois dali fomos na praia que comentei acima, a praia de Pampelonne, onde estão as baladas e clubs, mas nós fomos até lá pela praia que é muito linda mesmo, antes tentamos comprar algumas coisas na feirinha novamente só que já estava fechado, tivemos que comprar em um mini mercado mesmo.

Chegamos na praia de Pampelonne, no meio da tarde e ficamos ali, curtindo o visual fazendo um picnic com as comidas e bebidas que compramos, pois ali também é bem cara as coisas. Mas quando chegamos lá descobrimos que entre o Cap 21 e o KWB, tem banheiro com ducha e lanchonetes com preços ok.


Ficamos até o entardecer, já voltamos para nosso hotel com cozinha, então paramos em um supermercado do Casino (gigantesco), achávamos que teria um monte deles, mas não tem, os preços das comidas no supermercado são bem mais baratos que nos restaurantes de cidade, compramos alguns frutos do mar e umas ostras que acho que me deixaram com um pouco de alergia (mas foi uma alergia pequena nada que atrapalhasse algo) chegando no hotel fizemos nosso jantar e descasamos para o outro dia pois chegamos já bem tarde no hotel.

No terceiro dia foi o dia de voltar para a nossa casa em Barcelona, depois de rodar toda a Côte de D´Azur, mas como gostamos de aproveitar ao máximo, ficamos de manhã na piscina do hotel até dar o horário de check-out.

Depois de sairmos do hotel fomos almoçar em um restaurante que vimos no centro da cidade com um bom preço, o restaurante La Pesquière, além de ter bom preço a comida era bem boa, o caro foi a água, era mais cara que o vinho.

Ainda querendo aproveitar bem o último dia, resolvemos dar uma parada em uma última praia já no caminho de volta para Barcelona, uma praia há 50Km de Saint-Tropez, a lindíssima praia de L´Estagnol, uma das praias mais bonitas da região, junto com a Calanque D´en Vau no Parque Nacional das Calanques (veja o post sobre as Calanques).

A Praia de L´Estagnol, é uma praia que tem um camping e estacionamento, mas fica longe de qualquer cidade, deixando a praia igual ao paraíso.

Ficamos na praia até quase o pôr-do-sol, e partirmos para Barcelona, 6 horas de estrada evitando os caros pedágios das auto pistas francesas e espanholas, que se fossemos por elas gastaríamos uns 75 euros só na viagem de volta.

Por querermos aproveitar o máximo de tempo e evitar os pedágios, chegamos em Barcelona de madrugada, mas valeu muito a pena, e super recomendamos essa viagem.


Booking.com
2012 - 2016. Christian Gutierrez e Priscila Gutierrez. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.