Header Ads

2ª parte do roteiro por Malta - O que fazer em 7 dias?

Continuando o roteiro por Malta, hoje trazemos para vocês a segunda parte da nossa viagem por esse país maravilhoso.
Valeta

4º dia acordamos cedo e fomos para a uma das cinco Ilhas de Malta que forma o país, a Ilha de Gozo, para ir para lá pegamos um ferry boat com o nosso o carro que alugamos e fomos conhecer.

A primeira parada foi a cidade medieval de Cittadella Victoria, uma linda e pequena cidade fortificada umas das atrações da ilha de Gozo, o passeio pela cidade dura mais ou menos uma hora, e dá para conhecer tudo.
Cittadella Victoria

Muralha da Cittadella Victoria

Ta' Pinu é um santuário igreja no meio do nada em uma estrada, mas é enorme, lá tem uns painéis  sobre a vida de Jesus Cristo, mesmo aqueles que não gostam de igreja tem que passar lá pois é muito bonito e não precisa ficar muito tempo por ali.
Ta' Pinu é um santuário igreja

Depois dali fomos para onde estava um dos monumentos mais famosos de Malta mas que ruiu há pouco tempo, em março de 2017 o Azure Window, ainda dá para ver a pedras que formavam a janela sobre o mar, ele ruiu por causa de uma forte tempestade que veio com ondas grandes e derrubaram essa maravilha da natureza.
Azure Window

Azure Window

Mas bem ao lado tem outra atração muito bonita o Blue Hole, um buraco no meio do nada cheio de água do mar que chega até uma caverna que liga o buraco ao Mar Mediterrâneo, muitos praticantes de mergulho viajam para lá só para mergulhar nessa região de Malta, é muito lindo.
Blue Hole

Nesse dia deixamos para comer em um um restaurante, pois nos outros dias estávamos levando comidinhas para o dia, sempre levamos uns lanches para comer nas paradas das praias, mas esse dia fomos no The Stone Crab para experimentar a comida local, o restaurante foi indicado por uma leitora muito querida do nosso blog e que nos deu essa e muitas outras dicas fantásticas do país. O restaurante é muito bom mas achávamos que seria melhor, talvez erramos na escolha do prato, deveríamos ter pedido o prato típico do país que é feito com carne de coelho. Do lado do restaurante tem uma linda trilha até uma caverna com umas vistas lindas, vale a pena.
A gente no restaurante The Stone Crab

Prato do restaurante The Stone Crab

Continuando o 4º dia, fomos para um dos lugares que achamos mais lindos de Malta o Wied il-Għasri, uma espécie de cânion com águas do mar no meio que abriram espaço entre as pedras e que chegam até uma pequena praia de pedras, um lugar maravilhoso, outra que é difícil descrever mas a foto mostra um pouquinho da beleza de lá.
Wied il-Għasri, uma espécie de cânion

No Segundo passeio passamos pela Salt Pans, que são fazendas de sal marinho, nesse dia tinha um lugar que queríamos conhecer que é uma caverna com vista para uma praia e disseram pra gente que o lugar chamava Calypso Cave, e no Google maps tinha esse lugar, mas quando chegamos lá a caverna estava fechada há alguns anos, achamos estranho, pois vimos algumas fotos desse lugar, depois descobrimos que fomos para o lugar erado e a caverna que queríamos conhecer estava do outro lado da praia Ramla Bay Beach que está entre as duas cavernas, a que está aberta e parece ser linda é a Tal-Mixta Cave. Mas da Calypso Cave tem um mirante com uma linda vista para a praia.
Calypso Cave vista da praia Ramla Bay Beach

Como não achamos a caverna fomos para a praia de Ramla Bay Beach, também conhecida como Praia de areia vermelha, devido a coloração avermelhada da areia,  com um pouco de terra da região. A praia é bem bonita e grande com uma boa infraestrutura de bares que outras não tem.
praia de Ramla Bay Beach

A noite chegou e na volta para pegar a balsa vimos a maravilhosa cidade medieval Citadella, Victoria iluminada.

5º dia fomos conhecer a capital de Malta, Valeta durante o dia passamos uma boa parte da manhã e começo de tarde lá e escrevemos um post só sobre a cidade medieval de Valeta.
Valeta

Valeta

Valeta

Valeta

Valeta

Esse foi outro dia que almoçamos em um lindo restaurante, também indicado por uma leitora do Blog, o restaurante Surfside, que além de restaurante também é tipo um clube, uma balada e tem a uma vista fantástica, com um bom preço, excelente lugar para almoçar ou jantar e na frente do restaurante tem umas antigas piscinas naturais construídas na rocha, feita pelos romanos há muitos anos atrás e dentro desse restaurante também tem umas jacuzzis de frente para o mar que os clientes também podem utilizar. O Surfside fica na cidade de Sliema, uma das principais cidades com uma grande concentração de hotéis.
restaurante Surfside

Depois do almoço fomos conhecer outra cidade medieval a Mdina, que está localizada no meio da principal Ilha de Malta a Ilha de mesmo nome. Por ser um lugar com tantas histórias e atrações para ver em Mdina, também fizemos um post sobre sobre a cidade medieval de Mdina.
Mdina

6º dia escolhemos esse dia só para conhecer praias de Malta, visitamos mais de seis praias começando pela Imgiebah Bay uma praia de difícil acesso, para chegar lá tem que passar por uma estradinha micro com muro de pedra dos dois lados do carro, mas isso não é o problema, e sim o espaço que tem entre o carro e as paredes de cada lado, deve sobrar uns 10 centímetros de cada lado, juro, na foto dá para ter uma noção de como é a estrada, a praia é bem deserta, e por ser assim também é uma praia de nudismo, e lindíssima.
Praia de Imgiebah Bay

Na saída da praia fomos surpreendidos pela natureza e vimos um camaleão fofo passeando na trilha que pegamos para ir para a praia, adoramos ver, foi demais, nunca tínhamos visto.
camaleão

Armier Bay Beach, uma linda praia de areia bem branca e fina com a cor do mar quase igual ao da Blue Lagoon.
Praia de Armier Bay Beach

Little Armier Beach, praia ao lado, com uma infraestrutura maior com restaurantes, também muito linda.
Praia de Little Armier Beach

Armier Beach, essas três praias estão uma ao lado da outra sendo possível conhecer as três a pé, deixamos o carro na primeira praia, nessa ficamos mais tempo pois tinha um bar bem barato com comida e bebida, o bar e restaurante Palm Beach Resort e a praia é demais.
Praia de Armier Beach

Paradise Bay Beach, uma praia em um costão, é bem balada com festa em seus bares, ficamos pouco tempo lá pois, no meio da tarde já não tinha mais o sol batendo por causa das falésias do costão.
Praia de Paradise Bay Beach

Mellieha Bay, uma praia mais urbana e extensão, com muitos barcos ancorados, fica entre duas cidades grandes de Malta, por isso é bem movimentada e com muitas estruturas de bares e restaurantes com alguns brinquedos para crianças, mas mesmo sendo mais urbana é uma praia bonita.
Praia de Mellieha Bay

Praia de Mellieha Bay

Esse dia foi bem gostoso pois aproveitamos bem cada uma das praias que conhecemos.

A noite depois de jantar fomos outra vez passear pela beira mar e tomar umas cervejas no mesmo pub que tínhamos ido antes, mas como fechava cedo encontramos um boteco mais perto do apartamento, onde só tinha pessoas bem mais velhas e ingleses bebendo suas pints, vimos que era um bom lugar para tomar mais umas.

7º dia e último , aproveitamos para ficar mais tranquilo e fomos conhecer as praias e atrações de Bugibba, também fizemos um post só sobre Bugibba.

Mas aqui fazemos um resumo sobre a cidade, onde está a maior e mais famosa balada do país o Café del Mar de Malta, essa balada ficou famosa por seu pôr do sol incrível em Ibiza, e em Malta também fizeram um lugar lindo com uma balada com piscina de borda infinita que abre durante o dia e a noite, durante o dia é como se fosse um clube para tomar sol, banhar na piscina e comer, mas como tudo tem um preço... mas não é tão caro como pensávamos, mas também não é barato. Em muitas cidades como Buggiba, Sliema e St. Julian tem diversos clubes com piscinas privadas.
Café del Mar de Malta

Café del Mar de Malta

A única praia da cidade é a Qawra Point Beach, uma praia de pedra, com piscinas naturais que quando o mar não está bravo são bem legais, mas no dia que fomos estava fechado por causa do mar agitado.
Praia de Qawra Point Beach

Piscina natural da praia de Qawra Point Beach

Mesmo sendo uma praia de pedras o lugar é muito bonito, e o mar ajuda muito no cenário pois é bem azul e claro, ao lado das piscinas tem uma parte protegida das ondas e é bem gostosa, ficamos ali aproveitando o dia, também comemos por ali em um barzinho bem barato e gostoso chamado Champion Ice Cream Kiosk.

Ali do lado tem o Aquário Nacional de Malta, mas só passamos em frente pois nossa pegada foi aproveitar a praia e o sol, mas é uma boa opção para quem tem filhos.
Aquário Nacional de Malta

Como nosso voo era de noite voltamos  para a Golden Beach, uma das praias que visitamos no primeiro dia, pois lá o sol bate até mais tarde, e como já falamos lá tem o pôr do sol no mar.
Pôr do Sol na praia de Golden Beach

Esse foi nosso roteiro por Malta - O que fazer em 7 dias, espero que tenham gostado e ajude no seu planejamento se forem fazer uma viagem por lá.

Veja a primeira parte do nosso roteiro por Malta.


Booking.com
Booking.com

2012 - 2016. Christian Gutierrez e Priscila Gutierrez. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.