Marselha, mais uma encantadora cidade da Côte D´Azur

Marselha, mais uma encantadora cidade da Côte D´Azur

julho 19, 2017 0 Por Christian Gutierrez e Priscila Gutierrez

Marselha é a primeira cidade da região da França conhecida como Côte D´Azur, que vai até a fronteira com a Itália na cidade de Menton, passando por cidades como Saint-Tropez, Cannes, Nice e outras cidades, até um país está dentro dessa área o Principado de Mônaco. Fomos para lá em uma viagem que fizemos de carro saindo de Barcelona, fizemos base em Marselha, Nice e Saint-Tropez.

Em Marselha ficamos 4 dias e 3 noites, nessa parada visitamos também as cidades de Aix-en-Provence, Cassis e o maravilhoso Parque Nacional das Calanques onde estão as praias mais bonitas da região na nossa opinião.

Ficamos hospedados em um hotel com ótima localização, o Aparthotel Adagio Access Marseille Saint Charles, ele está ao lado da estação de trem e ônibus de Marselha e bem perto do porto da cidade, onde estão as principais atrações, também escolhemos esse hotel pois tinha estacionamento para o carro que tínhamos alugado, além disso por ser um aparthotel tinha cozinha no quarto, o que ajuda a diminuir os gastos da viagem com comida, pois podemos fazer e tomar café da manhã ali, além de poder jantar também se quiser.

Aparthotel Adagio Access Marseille Saint Charles

Uma dica muito importante para quem for visitar varias atrações de Marselha é comprar o Marsellha City Pass, que sai um preço mais barato do que comprar os ingressos um por um.

O que fazer em Marselha e quais são suas atrações turísticas?

No primeiro dia, chegamos no meio da tarde pois a viagem de Barcelona até Marselha são uns 550Km, paramos o carro no hotel e fomos conhecer uma parte da cidade que está acima do porto de Marselha, passamos pela linda estação de trem a Gare de Marseille Saint-Charles, que tem uma linda vista da Notre-Dame de La Garde.

O que fazer em Marselha e quais são suas atrações turísticas?

Gare de Marseille Saint-Charles

Depois da estação fomos a igreja São Vicente de Paulo (Église Saint-Vincent de Paul), que está pertinho da estação, uma igreja bonita por dentro e por fora, construída a partir de 1611 com uma capela  (São Nicolau de Tolentino), em 1868 foi derrubada para construir a igreja atual em estilo gótico.

igreja São Vicente de Paulo (Église Saint-Vincent de Paul)

igreja São Vicente de Paulo

Nesse primeiro dia queríamos conhecer o Parque Longchamp, que abriga o Palácio Longchamp e dentro dele está o Museu de História Natural de Marselha, pena que nesse dia estava chovendo, o palácio estava em reforma e na hora que chegamos o parque estava começando a fechar, mas deu para conhecer o lindo palácio e o jardim que fica na frente.

Parque Longchamp

Palácio Longchamp

Como a chuva aumentou e já era quase noite, fomos para o hotel mais cedo.

No segundo dia, ainda estava chovendo em Marselha, mas vimos que em Aix-en-Provence o tempo estava melhor, assim decidimos logo de manhã depois do café da manhã ir para Aix, que está uns 40Km de Marselha, o bom de estar de carro são essas coisas, você pode mudar tudo na hora que você quiser para poder aproveitar as atrações, passamos a manhã e o começo da tarde em Aix, veja o post sobre a cidade.

Voltamos no início da tarde para Marselha, fomos conhecer a parte do porto onde estão as principais atrações de Marselha, no caminho entre o hotel e o porto passamos por outras atrações, uma delas foi o Arco de Triunfo de Marselha, quase tão imponente quanto o de Paris, só achamos um pouco ruim o local pois estava um pouco sujo, até comentamos que a França não está tão bem cuidada como a Espanha em relação a sujeira em algumas cidades.

Arco de Triunfo de Marselha

Continuando o passeio, chegamos a uma linda construção o La Vieille Charité, um edifício do século XVII esse local foi planejado para hospedar os pobres e mendigos da cidade, no centro da edificação tem um capela muito bonita em estilo barroco.

La Vieille Charité

Depois de alguns anos o local virou um hospital, mas inúmeras pessoas pobres, mendigos e leprosos eram jogados ali por policiais que caçavam essas pessoas, anos mais tarde virou um asilo.

Enfim no século XX virou um museu com diversas galerias, não se paga para entrar no local, só em algumas galerias é necessário um ticket que você pode pegar na entrada de graça.

No porto de Marselha como comentamos, ficam vários pontos turísticos, a Catedral de Marselha é uma catedral bem grande em uma praça a uns metros acima das margens do Porto, ela também é conhecida como Catedral de la Major ou Catedral de Sainte-Marie-Majeure, construída em estilo neo bizantino no século XIX, nesse mesmo local existia uma outra Catedral do século XII que era em estilo romano, algumas partes da igreja são dessa época por causas de protestos.

Catedral de Marselha

Ao lado da Catedral está a Vila do Mediterrâneo, um prédio bem novo que abriga um museu sobre os povos do mediterrâneo, junto também está o MuCEM Museu de Civilizações Européias do Mediterrâneo.

Vila do Mediterrâneo

Do MuCEM tem um acesso ao Forte São Jean (Fort St Jean), uma passarela que liga o Museu ao Forte, mas como voltou a chover deixamos para conhecer o lugar na manhã do dia seguinte, e fomos a um bar já que não tinha o que fazer com aquela chuva.

No terceiro dia, para nossa sorte o tempo estava lindo, céu azul e calor, por isso deixamos esse dia para conhecer o paradisíaco Parque Nacional das Calanques que fica entre Marselha e Cassis, onde estão uma das praias mais bonitas da região, a Calanque D´en Vau, o parque é tão legal que fizemos um outro post só sobre ele.

Na volta paramos para conhecer a praia du Prado, a mais bonita da cidade, e a gente pensava que lá não tinha praia legal, essa é bem bonita, claro que as praias do Parque Nacional das Calanques são mais lindas, mas a praia du Prado tem seu charme.

praia du Prado

Na avenida da praia du Prado é onde o agito da cidade acontece, com muitos bares e festas, só não ficamos ali para tomar umas cervejas, pois estávamos de carro e não dá para beber e dirigir, mas tem ônibus da cidade para lá, quase voltamos para o hotel e pegamos o ônibus mas já estava muito tarde.

No quarto e último dia, como no primeiro e segundo dia pegamos chuva em Marselha, resolvemos esticar um pouco a estadia e ficar na cidade durante a manhã do quarto dia, nossa programação era acordarmos e irmos para Nice logo de manhã, mas resolvemos ficar o período da manhã em Marselha, e irmos a tarde para Nice.

Voltamos ao porto para ver novamente a Catedral de Marselha, agora com o sol, o que deixa as fotos ainda mais bonitas.

Catedral de Marselha

Também passeamos novamente no MuCEM e no Forte St. Jean, mas os dois estavam fechados pois todas as terças-feiras os dois fecham, só conhecemos por fora, o Museu e o Fort são lindos, tiramos várias fotos do entorno das fachadas de vários ângulos.

MuCEM

Forte St. Jean

Museu

Forte St. Jean

Museu de Marselha

Lá também tem uma bela igreja, a Église Saint-Laurent, uma igreja toda em pedra no alto de uma montanha, com uma linda vista para o porto, pena que a igreja também estava fechada.

igreja, a Église Saint-Laurent

Chegamos ao porto de Marselha onde estão muitos hotéis, restaurantes e bares, dali também saem barcos para vários passeios pelo mar, o que se destaca é o passeio que vai até as ilhas If lá tem o Castelo de If, que inspirou o filme Conte de Monte Cristo. O passeio para lá, sai ao lado da Roda Gigante.

ilhas If lá tem o Castelo de If
Do porto se tem a vista para a Notre-Dame de La Garde, que está no alto de uma montanha.

Fizemos a volta inteira no porto, passeamos pela igreja de Eglise Saint-Ferréol les Augustins, pela Ópera de Marselha que está ao lado do porto, pelo Teatro La Criée, e achamos um prédio onde fica o Museu da Marinha que pode entrar sem pagar, dentro a construção é linda, por fora normal, mas por dentro é incrível.

Eglise Saint-Ferréol les Augustins

Museu da Marinha

Museu da Marinha

Opera de Marselha

Teatro de Marselha

Do outro lado do porto tem outro Forte, o de São Nicolas, que junto ao Forte de St Jean defendiam a cidade e a entrada do porto.

Forte, o de São Nicolas

Outro lugar lindo para conhecer é o Palácio do Congresso e o Parque Émile Duclaux, tudo desse lado do porto.

Palácio do Congresso e o Parque Émile Duclaux

Nesse dia queríamos conhecer a catedral Notre-Dame de La Garde e as vistas de lá, como estávamos com carro voltamos para pegar no estacionamento do porto e fomos direto para lá, fizemos bem, pois é uma grande subida para chegar até lá, quem não está de carro e também não quer fazer a longa caminhada, tem um trenzinho que sai do porto e faz todo o trajeto.

catedral Notre-Dame de La Garde

A Notre-Dame de La Garde, está no alto de uma montanha de calcário a 149 metros do nível do mar, foi construída em estilo românico-bizantino em 1864, substituindo uma antiga capela do século XIII, a basílica é muito bonita e pode entrar nela sem pagar, também é bem bonita por dentro.

catedral

Por estar no alto da montanha, tem a melhor vista panorâmica da cidade, é possível de lá ver as Ilhas If que estão na frente de Marselha, ficamos lá tirando diversas fotos da igreja e da cidade, achamos que lá e o porto são os lugares mais lindos de Marselha.

Marselha

Vista do alto de Marselha

Porto de Marselha

o que fazer em Marselha
Essa foi nossa última parada, antes de irmos para Nice. Agora você já sabe o que fazer em Marselha.

Planeje sua Viagem

Deu vontade de viajar depois de tantas dicas? O Blog TurMundial te dá ainda mais dicas para facilitar suas viagens: Quer reservar um hotel? Reserve hotéis com ótimos preços pela Booking. Quer reservar um apartamento, casa, barco ou até uma casa na árvore e ainda ganhar 100 reais na sua primeira estadia? Reserve tudo isso e muitas outras opções de lugares com preços excelentes pelo AirBnB. Quer comprar ingressos antecipados para diversas atrações e tours sem aquelas filas imensas? Compre Ticketbar Quer alugar um carro? Sem dúvida indicamos a Rentcars.com ela busca os melhores carros e valores do mercado. Precisa enviar ou receber dinheiro de/para exterior, sem pagar aquelas taxas absurdas de banco ou casas de câmbio la TransferWise Quer evitar problemas no meio da sua tão esperada viagem? Contrate um seguro de viagem com qualquer uma dessas empresas Real Seguro de Viagem, ou Seguros Promo Quer evitar aquelas contas altíssimas de celular no final da sua viagem internacional? E mesmo assim poder fazer, receber ligações e usar a internet? Compre um chip de celular internacional com qualquer uma dessas empresas: Easysim4u
OBS: Ressaltamos que a responsabilidade pela prestação dos serviços/venda e entrega dos produtos, são dos fornecedores acima descritos.